Acessibilidade

Artistas itacoatiarenses poderão se beneficiar com a Lei Aldir Blanc: saiba como

A Lei Aldir Blanc foi recentemente sancionada e dispõe sobre ações emergenciais destinadas ao setor cultural, um dos mais afetados pela pandemia. O Amazonas deve receber R$ 37,9 milhões da lei, que será distribuído pela Secretaria de Cultura do Amazonas (Sec) entre a capital Manaus e todos os munícipios do interior, incluindo Itacoatiara.

O valor do repasse é destinado aos artistas e trabalhadores da cultura – que poderão receber um auxílio mensal de R$ 600 -; espaços artísticos e culturais, instituições, micro e pequenas empresas do ramo da cultura; e para editais, chamadas públicas e outros instrumentos convocatórios voltados ao setor da cultura. Para receber o auxílio, é necessário atender à alguns requisitos, que estarão dispostos no documento a seguir, juntamente com mais informações a respeito da Lei Aldir Blanc.

LEI ALDIR BLANC 23 06 2020

Os artistas itacoatiarenses e outros profissionais que compõem a cadeia produtiva da cultura e da economia criativa no município, que quiserem se beneficiar com a lei de emergência cultural, terão que preencher um cadastro (o link estará disponível logo abaixo), que visa mapear e identificar os artistas, produtores, técnicos, e demais profissionais da arte local. Este é o primeiro passo para saber quem de fato sobrevive da cultura e quais atividades são desenvolvidas, além das que já são conhecidas.

Link para cadastramento dos profissionais:

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSd8YMTIp57dQLN8Oqv9aLja7F-q8Bh3YYg-z5tGijOrSQ8hSw/viewform