Acessibilidade

Mesmo com crise em municípios, prefeitura de Itacoatiara mantém salário dos professores rigorosamente em dia

O prefeito Antônio Peixoto tem se destacado em todo o estado do Amazonas pela forma com que vem enfrentando a atual crise que os municípios passam.

Com planejamento, compromisso e responsabilidade na gestão dos recursos, a administração se mantém estável, mesmo com as constantes quedas nos repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e cortes de verbas importantes. “Estamos vivendo um momento delicado na economia, mas com muito empenho e respeito pelo trabalhador que se dedica diariamente na prestação de serviços à população, estamos conseguindo manter em dia o pagamento de todos, o que consequentemente ajuda a movimentar a economia da nossa cidade”, afirmou o prefeito.

Vale ressaltar que, ao receber a prefeitura em meio ao caos financeiro, com os salários de dezembro de 2016 atrasados, a atual administração não só equilibrou as contas para manter o pagamento dos salários dos servidores em dia, como tem buscado garantias para que todos passem por capacitações constantes, para que o município possa contar com um quadro de profissionais qualificados e preparados para atender toda população.

Dessa forma, a prefeitura de Itacoatiara bate um recorde histórico de elevações de classe e nível, conforme regue o Estatuto do Servidor e o Plano de Cargos, Carreiras e Salários. Foram realizadas aproximadamente 727 concessões de elevação, entre mudanças de classe e mudanças de nível. É o maior volume já registrado na história de Itacoatiara. O pagamento das elevações de classe e nível obedece aos Art. 17 e 24 da Lei 018 de 22 de novembro de 2002, cujo texto garante reajustes conforme o nível e classe de formação dos profissionais da educação básica, com formação em licenciatura e especializações para jornada de até 40 horas semanais.