Acessibilidade

Prefeito de Itacoatiara participa de encontro para decidir futuro da pecuária leiteira.

Defendendo as práticas produtivas, saudáveis e organizadas dentro do arco da legislação vigente, na produção, transporte, armazenamento e beneficiamento do queijo regional, o prefeito de Itacoatiara Antônio Peixoto deslocou-se para a comunidade de Novo Céu, no município de Autazes, acompanhado pelos técnicos e pelo vereador Badi Pacheco, mantendo uma reunião de avaliação das condições da pecuária leiteira da região, onde Itacoatiara destaca-se, com os produtores e com os servidores do IDAM e ADAF, do sistema SEPROR, gerando uma cartilha de comportamento a ser seguido por todos.

O encontro foi induzido pela apreensão, ocorrida no mês passado de um estoque de queijo das regiões do Careiro do Várzea, Itacoatiara e Autazes, surgindo a necessidade da assinatura de um TAC, norteador das próximas ações, garantindo ao setor a continuação da atividade que conduz a boa parte da economia destes municípios e representa um guarda-chuva social valioso para os moradores, seja na criação do gado, na coleta do leite e no beneficiamento final.

Com o debate a partir das dificuldades dos produtores, mas também com a explanação dos técnicos sobre as exigências legais e sobre as práticas da sanidade e beneficiamento, foi construído o documento contendo as obrigações de cada segmento e, após a sua leitura, estabelecendo inclusive os prazos de adequação, a maioria votou concordando com a assinatura do TAC, que é o compromisso de boas práticas.

Para o prefeito Antônio Peixoto foi valioso o debate, o estudo de comportamento, o conhecimento da legislação e o entendimento que permitiu estender prazos de adequação, porque não paralisou a atividade e ao mesmo tempo foi determinante para que a pecuária passe a ser uma agroindústria regional de respeito, com atendimento as regras e boa aceitação no mercado.

“Queremos abrir o leque de oportunidades de trabalho e geração de renda para nosso povo e este momento tem uma importância fundamental no nosso município e não podíamos ficar alheio ao esforço de organização do sistema. Junto com os demais municípios produtores podemos induzir a surgimento de fabricas, seja em regime individual ou cooperativa, garantindo mais uma fatia de ganho para a economia popular” explicou o prefeito Antônio Peixoto.